Ciências Humanas e Comunicação

A Educação Literária ao Lado dos Anjos?

Por uma Atitude Epistemofágica Transformadora das Relações de Poder-Saber na Sala de Aula

Clarissa Menezes Jordão

2011 — 1ª edição

Estoque esgotado

Fora de Catálogo

Sobre o Livro

ISBN: 9788580390544
Páginas: 220
Formato: 17x24 cm
Ano de Publicação: 2011
Peso: 0.430 kg

Conteúdo

Literatura como língua
Literatura como objeto estético
Literatura como transformação
 

Sinopse

Alívio e tensão. Uma voz dentro da academia rompe o silêncio sobre o que parece ser o moto contínuo da educação literária na universidade: a manutenção da engrenagem canônica - teoria, crítica e história literária em torno de antigos e novos textos clássicos. Rompe indagando sobre o sentido desses estudos para as leitoras em formação e as já formadas, ou seja, as professoras formadoras. Das salas de aula de literatura, a pesquisadora ouve inicialmente coros em uníssono, consensuais em suas interpretações literárias baseadas nos estudos acadêmicos e na crença no valor inquestionável da literatura. Como um Bakhtin acuado, estranha a ausência da polifonia, de vozes interpretando outros cantos, dos esforços desafinados. Ao fundo, somente o som da engrenagem.

Retornando às salas, reencontrando as participantes do coro, questiona: que concepções de literatura e de educação literária propiciam a transformação de salas de aula de literatura em ensaios de cânticos monofônicos? Que outras concepções podem permitir que as vozes abafadas ou silenciadas atuem nos palcos literários que essas salas poderiam ser? Haveria espaço na sala de aula para alunas e professoras confrontarem suas subjetividades e se engajarem em cânticos polifônicos, talvez mais distantes dos anjos, mas mais próximas e atentas umas às outras como seres linguajantes que somos? As respostas vêm na performance deste texto, ele próprio tenso em sua polifonia. 

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!