A Posteriori, um Percurso

Marion Minerbo

2020 — 1ª edição
Lançamento

R$ 82,00

Disponível em estoque

Sobre o Livro

ISBN: 9786555060218
Páginas: 320
Formato: 14 x 21 cm
Ano de Publicação: 2020
Peso: 0.355 kg

Sumário

Introdução: de onde vim, onde estou
 

Parte I. Perdendo a ingenuidade
Aprendendo a ler
Relativizando crenças teóricas
O método psicanalítico em Freud
 

Parte II. Ampliando os horizontes da clínica
Tratamento institucional de transtornos emocionais graves na adolescência: dois casos clínicos
Um olhar psicanalítico na escola
C(ã)es-terapeutas: o enquadre a serviço do método na análise de uma adolescente
 

Parte III. Interpretando fenômenos socioculturais
Violência contemporânea e desnaturação da linguagem
Um olhar psicanalítico sobre a corrupção
Mudando de posição subjetiva diante da corrupção
 

Parte IV. Textos de maturidade
Assassinato e sobrevivência do pai
Sobre o supereu cruel
Sobre as depressões
Retorno do recalcado, retorno do clivado
Sobre o pensamento clínico do psicanalista

Sinopse

A escrita de Marion Minerbo é inconfundível. Reconhecemos sua voz logo nas primeiras linhas de um texto, antes mesmo de sabê-la autora. Algo pouco frequente no meio psicanalítico, Marion fez do trânsito livre e rigoroso entre matrizes conceituais distintas e do permanente diálogo com o leitor sua marca registrada. Em A posteriori: um percurso, testemunhamos o processo de construção dessa voz autoral e as trilhas que constituíram sua identidade psicanalítica. Como indica o título, trata-se da história de um percurso, com trabalhos que perpassam mais de duas décadas de produção. Mas o entrecruzamento de temporalidades – antes, depois e agora – proporcionado pelo a posteriori de sua cuidadosa seleção, sequência e comentários iniciais, oferece a esses trabalhos novos vértices de leitura.

No itinerário dos capítulos, Marion demonstra como o psicanalista, ao “aprender a ler e a relativizar crenças teóricas”, “amplia os horizontes da clínica”, na medida em que nela também reconhece a presença de lógicas socioculturais inconscientes. Caminhos que apontam para a maturidade de um “pensamento clínico”, dentro ou fora da sessão de análise. Pois que o leitor, então, não se engane: esta não é simplesmente uma coletânea de artigos. É antes, nas palavras da própria autora, um memorial científico. Obra que vem reforçar o legado já fecundo de Marion Minerbo para a psicanálise brasileira.

Alexandre Socha

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!