Ciência de A a X

Pierre Barthélémy

2015 — 1ª edição
Lançamento

R$ 39,00

Disponível em estoque

Sobre o Livro

ISBN: 9788521209799
Páginas: 276
Formato: 14 x 21 cm
Ano de Publicação: 2015
Peso: 0.310 kg

Conteúdo

Prefácio 
A de...
Antropófago: qual é o sabor da carne humana?
Apocalipse: quem serão os últimos habitantes da Terra?
Arquivo X: uma nova ideia para detectar extraterrestres
[email protected]: o dia em que hackers invadiram a rede elétrica
B de...
Banquete: quantos mosquitos você pode alimentar?
Barítono: na política, uma voz grave é uma vantagem
Bzzz: quando as moscas levam as almas dos mortos
C de...
Cárie: o homem pré-histórico também ia ao dentista
Catódico: a morte na TV dá vontade de comprar
Ciclos: alô, mamãe, estou ovulando!
Cupido: uma escala científica para medir a paixão amorosa
D de...
Danos: estamos prontos para enfrentar um tsunami solar?
Detox: o brócolis, arma inesperada contra radioatividade
Dicionário: palavras que agem sobre o seu corpo
Dípteros: moscas ajudam a medir a biodiversidade
E de...
Ecologia: clima: será que podemos voltar atrás?
Escravidão: como uma árvore escraviza as formigas
Especialistas em contas: os espermatozoides sabem calcular
Expectativa: você quer saber quando vai morrer?
F de...
Faxineiros: os abutres trabalham para a polícia científica 
Fertilidade: será que a Coca mata o esperma?
Fosforescente: os irradiados de New Jersey
Frankenstein: as promessas incríveis da medicina regeneradora 
G de...
Garrafão: os vinhos caros são os melhores?
Genealogia: o homem que não descendia de Adão
Gênesis: qual osso de Adão foi realmente usado por Deus para
criar Eva?
Gestação: ter um bebê aumenta o cérebro das mães
Grade: 17 é o número de Deus no sudoku
Gravidade: os perigos do amor no espaço 
Grimório: o manuscrito mais misterioso do mundo 
H de...
Harém: por que os playboys atraem as mulheres?
Horror: um médico italiano quer transplantar cabeças humanas
I de...
Imperador: escândalos sexuais entre os pinguins
In utero: a criança começa a aprender a linguagem no ventre
da mãe 
Iogurte: é preciso acabar com os ômega-3? 
J de...
Jardim: será que as plantas ouvem?
Jurassic Park: devemos ressuscitar as espécies desaparecidas?
K de...
Kafkaniana: a ciência que quer prever os crimes
Kamikaze: qual a probabilidade de um novo 11 de setembro?
L de...
Lapônia: o Papai Noel está doente?
Leitura: a professora que sabia escrever, mas não sabia mais ler
Lilliput: o aquecimento global vai nos fazer encolher?
Lobotomia: como as grandes marcas influenciam nosso cérebro
M de...
Maquiavélica: a suprema astúcia da orquídea 
Microcosmos: pesquisadores exploram a selva microbiana
do umbigo
Molière: o doente imaginário online
N de...
Necrologia: de que se morria ontem, de que se morre hoje
Nicotina: quando a ciência incentiva os atletas a fumarem
Nutrição: a saúde do futuro bebê é influenciada pelo que o pai
come?
O de...
Oftalmo: o homem que não reconhecia os rostos
Onda: será que uma bomba pode criar um tsunami?
Onívoros: o câncer está realmente no nosso prato?
Os suspeitos: o seu andar diz quem você é
Ossadas: Teutobochus, o gigante que não era
P de...
Passa-passa: a medalha de ouro desaparecida de dois
Prêmios Nobel
Periquita: quem descobriu o clitóris? 
Pipi: por que o pênis tem essa forma?
Polícia: um retrato falado a partir do seu DNA, sem demora
Prisão: prisioneiros em prol da ciência
Privacidade: matemática, o problema do mictório
Pulmão: quantos vírus você inspira a cada minuto?
Q de...
Quarentena: a peste vai ressurgir?
Quiproquó: o planeta não está em perigo; a humanidade sim
R de...
Repulsivo: os nazistas queriam fazer armas biológicas com base
em insetos?
Ricardão: a palestra mais sexy de toda a história das ciências
Road trip: entre 2000 e 2030, o espaço urbano mundial triplicará
S de...
Sena: a mulher mais beijada do mundo 
Sherlock: o sangue deixado por um criminoso denuncia sua idade
T de...
Tamanho: o tamanho do pênis pode ser lido nos dedos?
Telefone: ouviremos ET daqui a 25 anos?
Terror: o mistério de Os pássaros, de Hitchcock, finalmente
esclarecido
U de...
Uretra: os usos do xixi
V de...
Valsa: de que lado você embala o seu bebê?
Verdura: será que as plantas são inteligentes?
W de...
Walkíria: a música enternece os corações
Willy Wonka: será que o chocolate cria assassinos em série? 
Woodstock: as flores ajudam os sedutores
X de...
Xena: a mulher que (quase) não sente medo

Sinopse


Você já se perguntou quem serão os últimos habitantes da Terra? Ou qual a melhor arma contra a radioatividade? Ou se uma bomba é capaz de criar um tsunami?

Para compreender o mundo em que vivemos, é indispensável acompanhar os acontecimentos da ciência e da tecnologia. Atualmente, não podemos deixar de lado temas como o aquecimento global, os alimentos transgênicos, os tipos de energia e, em especial, a energia nuclear. Neste livro, Pierre Barthélémy apresenta aspectos engraçados e surpreendentes, mostrando que é possível falar de ciência com humor
e que todas as questões, mesmo as que parecem mais ridículas, são boas perguntas a serem feitas, pois simplesmente aprendemos melhor quando nos divertimos. Siga este abecedário diferente, que reúne 78 artigos extraídos do célebre blog Passeur de Sciences. O autor nos convida a partir em seu labirinto ao encontro dos últimos habitantes da Terra, de plantas inteligentes e de árvores escravagistas. Investiga a obesidade do Papai Noel e a detecção de vida extraterrestre, enquanto leva o leitor a
descobrir um mundo feito de misteriosos tsunamis solares, de máquinas que preveem crimes, de dentistas pré-históricos e de apreciadores da carne humana...

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!