Design Industrial

Bases para a Configuração dos Produtos Industriais

Bernd Löbach

2001 — 1ª edição
Mais vendido

R$ 99,00

Disponível em estoque

Sobre o Livro

ISBN: 9788521202882
Páginas: 208
Formato: 17x24 cm
Ano de Publicação: 2001
Peso: 0.420 kg

Conteúdo

1 - Introdução
1.1. Design. A grande confusão
1.2. Objetivos deste texto e idéia do conjunto de seu conteúdo
1.3. O conceito do design
1.4. O conceito de design industrial
1.5. Design industrial. A disciplina da configuração do ambiente

2 - Fundamentos da configuração do ambiente objetual
2.1. O homem. Necessidades, aspirações
2.2. Trabalho. Materialização
2.3. Objetos. Satisfação de necessidades
  2.3.1. Objetos naturais
  2.3.2. Objetos modificados da natureza
  2.3.3. Objetos artísticos
  2.3.4. Objetos de uso
    2.3.4.1. Produtos artesanais
    2.3.4.2. Produtos industriais

3 - Categorias de produtos industriais
3.1. Produtos de consumo
3.2. Produtos de uso 1: produtos para uso individual
3.3. Produtos de uso 2: produtos para uso de determinados grupos
3.4. Produtos de uso 3: produtos para uso indireto

4 - Funções dos produtos industriais
4.1. Funções práticas
4.2. Função estética
4.3. Função simbólica

5 - Configuração prático-funcional dos produtos industriais os séculos XIX e XX
5.1. Configuração prático-funcional das comunidades Shaker
5.2. Configuração prático-funcional durante a primeira fase de industrialização da Grã-Bretanha
5.3. A configuração prático-funcional da Bauhaus
5.4. Funcionalismo e crítica do funcionalismo

6 - Configuração simbólico-funcional de produtos industriais
  6.1. Circunstâncias econômico-sociais
    6.1.1. Estratos sociais Status social
    6.1.2. Status social.Prestígio
  6.2. Produtos Industriais como símbolos
    6.2.1. Produtos de status
    6.2.2. Produtos de prestígio
  6.3. Dimensões econômicas
  6.4. O designer industrial como criador de símbolos

7 - Design industrial na empresa industrial
  7.1. Situação de mercado e política industrial
  7.2. Design industrial. Meio de desenvolvimento e de diferenciação de produtos
  7.3. Estetização e obsolescência de produtos    

  7.4. A posição do designer industrial na empresa
  7.5. O design industrial na Rosenthal
  7.6. O design industrial na Olympia
  7.7. O design industrial na Opel
  7.8. O design industrial na Krupp

8 - O processo de design
  8.1. O designer industrial como criador  
  8.2. O processo de design - um processo de solução de problemas
  8.3. Fases do processo de design
    8.3.1. Fase 1: Análise do problema
    8.3.2. Fase 2: Geração de alternativas 
    8.3.3. Fase 3: Avaliação das alternativas
    8.3.4. Fase 4: Realização da solução do problema

9 - Estética do design industrial
  9.1. Comunicação estética
  9.2. A estética do objeto
    9.2.1. Figura (Gestalt)
    9.2.2. Elementos configurativos
      9.2.2.1. Forma
      9.2.2.2. Material
      9.2.2.3. Superfície
      9.2.2.4. Cor
    9.2.3. Constituição da figura
      9.2.3.1. Ordem
      9.2.3.2. Complexidade                                  

  9.3. Percepção estética
    9.3.1. Perceber: ver e tornar consciente
    9.3.2. Percepção dirigida por interesses
    9.3.3. Importância da escassez e da abundância de informação
    9.3.4. Aspectos intelectuais e emocionais da percepção
 9.4. Valor estético
 9.4.1. Valores estéticos
9.4.2. Normas estéticas
 9.5. Importância da estética empírica para o design industrial
                                                    
10 - Campos de atividades do designer industrial
  10.1. Campos de atividade dependentes de empresas industriais
    10.1.1. O diretor de design
    10.1.2. O designer industrial
    10.1.3. O designer de sistemas de produtos 
    10.1.4. O consultor em design
  10.2. Campos de atividades sem dependência de empresas industriais
    10.2.1. O crítico de design
    10.2.2. O designer industrial como expertem planejamento e configuração do entorno
    10.2.3. O teórico do design
    10.2.4. O pedagogo do design

11 - Novas atividades nas escolas de design

Apêndice
Referências bibliográficas
Índice - Pessoas, Empresas Industriais, Instituições   

Sinopse

O autor deste livro, Bernd Löbach, sempre teve uma ligação muito estreita com o ensino do design. Durante anos atuou no curso de design da Fachhochschule de Bielefeld, Alemanha, onde fez diversas publicações importantes. Hoje é docente da Hochschule für Bildende Künste, Braunschweig, onde tem continuado as sua pesquisas e publicações, sempre voltadas aos aspectos didáticos do design.

Löbach, ao elaborar o texto, se preocupou em produzir um trabalho básico, principalmente para a formação de designers industriais, tornando isso claro no subtítulo do livro. O texto é didático, mas o seu conteúdo extrapola essa característica. Quem se interessar pelo design industrial, sejam estudantes ou profissionais, tem neste livro a melhor formulação conceitual sobre o assunto. Ele é também um livro sistemático, especialmente na abordagem dos aspectos estéticos e subjetivos do design, sempre os mais difíceis de tratar na metodologia do design. Essa abordagem atingiu o objetivo ao colocar o design industrial como uma disciplina do design ambiental, além de discorrer sobre suas dimensões sociais, psíquicas, históricas, econômicas e estéticas.

Temos poucos textos básicos sobre design industrial em português, daí a decisão de traduzir este livro. A edição original em alemão, de 1976, é pouco acessível à maioria dos interessados, não sendo mais publicada. A edição em espanhol, de 1981, muito importante para a formação de várias gerações dos nossos designers, há muito se encontra esgotada e não há perspectiva de reedição.

Tendo sido escrito nos anos 70, o livro contém alguns cases e exemplos de algumas décadas atrás que não foram atualizados, respeitando-se a vontade do autor. A tradução, entretanto, procurou adaptá-lo à nossa realidade, ressaltando aspectos que permitam uma compreensão dos conceitos e cases ilustrativos.

Sem dúvida, esse texto de Bernd Löbach vem cobrir uma lacuna existente entre nós, no sentido de estabelecer as verdadeiras bases sobre as quais repousam os princípios do design industrial, tanto nos dias atuais como no futuro.

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!