Ergonomia

Projeto e Produção

Itiro Iida , Lia Buarque de Macedo Guimarães

Lançamento

R$ 241,00

Disponível em estoque

Sobre o Livro

ISBN: 9788521209331
Páginas: 850
Formato: 20,5 x 25,5 cm
Ano de Publicação: 2016
Peso: 1.940 kg

Conteúdo

Capítulo 1 Introdução à ergonomia
1.1 Definição e objetivos da ergonomia
1.2 Nascimento e evolução da ergonomia
1.3 Fases da ergonomia
1.4 Difusão da ergonomia na sociedade
1.5 Aplicações da ergonomia
1.6 Principais setores de aplicações da ergonomia
1.7 Custo e benefício da ergonomia


Capítulo 2 Pesquisa em ergonomia
2.1 Conceito de sistema
2.2 Pesquisa: atividades preliminares
2.3 Elaboração do projeto de pesquisa
2.4 Controle das condições experimentais
2.5 Coleta e análise de dados


Capítulo 3 Métodos e técnica s em ergonomia
3.1 Métodos e técnicas
3.2 Métodos de análise ergonômica
3.3 Técnicas baseadas no comportamento
3.4 Técnicas de ergonomia física
3.5 Avaliações fisiológicas
3.6 Métodos de análise cognitiva
3.7 Métodos em desenvolvimento de produto


Capítulo 4 Organismo humano
4.1 O organismo como sistema
4.2 Visão
4.3 Audição
4.4 Outros sentidos
4.5 Função neuromuscular
4.6 Coluna vertebral
4.7 Metabolismo

Capítulo 5 Biomecânica ocupacional
5.1 Trabalho muscular
5.2 Trabalhos estático e dinâmico
5.3 Consequências do trabalho realizado
5.4 Posturas do corpo
5.5 Movimentos corporais
5.6 Levantamento de cargas
5.7 Transporte de cargas
5.8 Estudo de caso – tapetes artesanais


Capítulo 6 Antropometria: medidas
6.1 O que é antropometria
6.2 Variações das medidas humanas
6.3 Realização de levantamento antropométrico
6.4 Antropometria estática
6.5 Antropometria dinâmica e funcional
6.6 Construção de modelos humanos
6.7 Estudo de caso – antropometria do pé feminino


Capítulo 7 Antropometria: aplicações
7.1 Aplicação de dados antropométricos
7.2 Princípios para aplicação dos dados antropométricos
7.3 Espaço de trabalho
7.4 Superfícies horizontais
7.5 Problema do assento
7.6 Estudo de caso – assentos de tratores


Capítulo 8 Ergonomia do produto
8.1 Usabilidade
8.2 Agradabilidade
8.3 Adaptação ergonômica de produtos
8.4 Processo de desenvolvimento de produtos
8.5 Desenvolvimento de produtos de consumo
8.6 Projeto de produtos seguros
8.7 Estudo de caso – ergonomia na indústria automotiva


Capítulo 9 Posto de trabalho
9.1 Enfoques do posto de trabalho
9.2 Análise da tarefa
9.3 Projeto do posto de trabalho
9.4 Arranjo físico do posto de trabalho
9.5 Dimensionamento do posto de trabalho
9.6 Ajustes individuais
9.7 Construção e teste do posto de trabalho
9.8 Postos de trabalho com computadores
9.9 Estudo de caso – ilhas de atendimento de caixa

Capítulo 10 Controles e manejos
10.1 Sistemas de controle
10.2 Movimentos de controle
10.3 Tipos de controle
10.4 Automação de controles
10.5 Manejos
10.6 Ferramentas manuais
10.7 Estudo de caso – avaliação de podões
10.8 Estudo de caso – controle de processos contínuos


Capítulo 11 Ambiente: temperatura, ruídos, vibrações e aerodispersoides
11.1 Mecanismos de termorregulação
11.2 Efeitos fisiológicos do calor
11.3 Influências térmicas no trabalho
11.4 Ruídos
11.5 Vibrações
11.6 Agentes químicos
11.7 Estudo de caso – trabalho em fundição
11.8 Estudo de caso – ambientes sonoros em escritórios fechados ou abertos


Capítulo 12 Ambiente: iluminação e cores
12.1 Fotometria
12.2 Efeitos fisiológicos da luz
12.3 Planejamento da iluminação
12.4 Percepção das cores
12.5 Cores da luz e do objeto
12.6 Caracterização das cores
12.7 Legibilidade das cores
12.8 Aplicações das cores


Capítulo 13 Percepção e processamento de informação
13.1 Sensação e percepção
13.2 Memória humana
13.3 Organização da informação
13.4 Processamento da informação
13.5 Tomada de decisão


Capítulo 14 Dispositivos de informação
14.1 Apresentação das informações
14.2 Palavra escrita
14.3 Símbolos
14.4 Mostradores visuais e auditivos
14.5 Elaboração de websites
14.6 Informação nas novas mídias
14.7 Alarmes
14.8 Estudo de caso – sinalizações em serviços de saúde

Capítulo 15 Segurança no trabalho
15.1 O erro humano
15.2 Fatores relacionados aos acidentes
15.3 Teorias e modelos sobre acidentes
15.4 Segurança nas organizações
15.5 Implementação da segurança no trabalho
15.6 Estudo de caso – violações nos serviços de saúde
15.7 Estudo de caso – programa global de segurança da Dupont


Capítulo 16 Fatores humanos no trabalho
16.1 Fatores fisiológicos no trabalho
16.2 Conhecimento, aprendizagem e treinamento
16.3 Fadiga no trabalho
16.4 Estresse no trabalho
16.5 Monotonia e motivação
16.6 Influências de sexo, idade e deficiência


Capítulo 17 Organização do trabalho
17.1 O trabalho taylorista
17.2 O trabalho moderno
17.3 O trabalho flexível
17.4 Alocação do trabalho em grupo
17.5 Seleção e treinamento
17.6 Trabalho noturno e em turnos
17.7 Estudo de caso – reorganização em uma empresa calçadista


Capítulo 18 Minorias populacionais
18.1 Projetos para idosos
18.2 Pessoas obesas
18.3 Pessoas com deficiência
18.4 Projeto universal
18.5 Projetos para crianças
18.6 Estudo de caso – sinalização urbana para idosos


Capítulo 19 Indústria e agricultura
19.1 Treinamento industrial
19.2 Automatização
19.3 Trabalho de inspeção na indústria
19.4 Ergonomia na pequena empresa
19.5 Construção civil
19.6 Ergonomia na agricultura
19.7 Estudo de caso – treinamento de supervisores em ergonomia
19.8 Estudo de caso – difusão da ergonomia na fábrica
19.9 Estudo de caso – ergonomia participativa

Capítulo 20 Serviços e vida diária
20.1 Ergonomia nas atividades domésticas
20.2 Ergonomia no ensino
20.3 Ergonomia nos transportes
20.4 Ergonomia no projeto de escritórios
20.5 Ergonomia no projeto de edifícios e espaços públicos
20.6 Ergonomia social
20.7 Estudo de caso – problemas osteomusculares no trabalho
doméstico
20.8 Estudo de caso – fluxo de pessoas em estações de metrô


Capítulo 21 Fontes de informação sobre ergonomia
21.1 Normas regulamentadoras
21.2 Normas técnicas brasileiras
21.3 Normas técnicas internacionais
21.4 Outras fontes de informações em ergonomia

Referências bibliográficas
 

Sinopse

Esta terceira edição traz muitas novidades. Os autores fizeram uma grande atualização, introduzindo principalmente as mudanças provocadas pela aplicação da informática e dos novos meios de comunicação nas interações do sistema humano-máquina-ambiente de trabalho.
Além disso, nas últimas décadas, alargou-se a abrangência da ergonomia, com a visão macroergonômica e com maior respeito a certas minorias populacionais, como as pessoas idosas, obesas e portadoras de deficiências.
Foram colocados casos de aplicação ao final dos capítulos. Sempre que possível, basearam-se em pesquisas brasileiras ou aquelas com possíveis aproveitamentos em nossas situações de trabalho. A aplicação dos conhecimentos deste livro contribuirá para melhorar o desempenho humano no trabalho, reduzindo erros, acidentes, estresses e doenças ocupacionais. Ao mesmo tempo, contribuirá para aumentar o conforto e a eficiência dos trabalhadores, com evidentes resultados custo/benefício favoráveis.

Ver maisVer menos

Material de Apoio

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!