Faces Do Sem Nome

O Imaginário de Deus em Poemas Malditos, Gozosos e Devotos de Hilda Hilst

Kamilla Kristina Sousa França Coelho

2011 — 1ª edição

Estoque esgotado

Fora de Catálogo

Sobre o Livro

ISBN: 9788580390131
Páginas: 134
Formato: 20,5x28 cm
Ano de Publicação: 2011
Peso: 0.405 kg

Conteúdo

INTRODUÇÃO

1 - O Arquético de Deus
1.1. O arquétipo do sacrifício de Deus quase sempre assassino
    1.1.1. O pássaro e Deus
    1.1.2. O arquétipo do sacrifício
1.2. Cristo: resultado dos caprichos divinos
    1.2.1. Figura, recorrência de mitos e arquétipos
    1.2.2. O bode expiatório figura e preenchimento de Jesus
    1.2.3. A subversão hilstiana

2 - O Imprudente Menino: Malvadezas e Canduras
2.1. É mudo. Está só: O longínquo e obtuso Deus.
    2.1.1. O arquétipo da montanha
    2.1.2. O poema: um templo
    2.1.3. Deus e o tempo nas religiões orientais e ocidentais
2.2. Deus: a revelação do sujeito lírico

3 - O Pássaro-Poema: Um Companheiro para Deus
3.1. Deus: dono de um breve Nada
    3.1.1. O arquétipo do Menino
    3.1.2. Deus otiosus
3.2. Poesia: sangue que vivifica Deus

CONSIDERAÇÕES FINAIS

REFERÊNCIAS

ANEXOS

Sinopse

Ao tecer sua criação literária, Hilda Hilst examina cada uma dessas inquietações. Aproxima-se de Deus com seu poema-culto e descreve em imagens reveladoras como se daria a relação humana com o seu criador. Para o alcance da clareza e da profundidade dessas experiências poéticas, recorre-se à Teoria do Imaginário, à Psicologia e à Teoria da Poesia. Portanto, para mais profundamente se entender o homem contemporâneo - que espelha o homem primitivo - deve-se vivenciar a poesia hilstiana.

 

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!