Ciências Humanas e Comunicação

Língua, Literatura e Ensino

Jarbas Vargas Nascimento , Micheline Mattedi Tomazi , Paulo Roberto Sodré

2015 — 1ª edição

Formato: E-book em PDF

Sobre o Livro

ISBN: 9788580391190
Páginas: 118
Formato: E-Book em PDF
Ano de Publicação: 2015

Conteúdo

Apresentação

Capítulo 1 - DISCURSO, LITERATURA E ENSINO DE LÍNGUA: QUESTÕES PARA O CANCIONEIRO MARIANO DE AFONSO X, O SÁBIO

Capítulo 2 - IMAGENS DE ATORES SOCIAIS, PAPÉIS E IDENTIDADES NA POESIA DE MARIA ANTONIETA TATAGIBA

Capítulo 3 - LEITURA LITERÁRIA E CONHECIMENTO LINGUÍSTICO:
CAMINHOS QUE SE ENTRECRUZAM

Capítulo 4 - REFLEXÕES ACERCA DO ENSINO DE UMA CULTURA
CLÁSSICA

Capítulo 5 - ENTRE A LINGUÍSTICA E A LITERATURA: PERCURSOS INTERDISCIPLINARES

Capítulo 6 - AS MINHAS MENINAS: CONSTITUIÇÃO E COMPLEXIDADE DISCURSIVAS DAS PERSONAGENS FEMININAS NO CANCIONEIRO DE CHICO BUARQUE

Capítulo 7 - O ENSINO DE LITERATURA: EXPERIÊNCIA PARATÓPICA

Capítulo 8 - LITERATURA, DESCOBERTA E COGNIÇÃO

Capítulo 9 - A ESTRUTURA COMPOSICIONAL DO DISCURSO LITERÁRIO

Sinopse

Como aproximar o ensino das Literaturas de Língua Portuguesa, da Língua e da Linguística na sala de aula? Como conectar os estudantes ao mundo de linguagem sugerido pelos textos literários de diferentes épocas e lugares? Como tornar presentes os contextos que cada produto literário flagra ficcionalmente em sua linguagem singular? Essas indagações comuns na experiência de ensino têm sido ouvidas por um número cada vez mais sensível de estudiosos preocupados em tornar ainda mais curto o caminho por vezes pedregoso entre a sala de aula e a leitura de literatura, sempre língua, sempre linguagem, sempre discurso.
Uma das questões mais relevantes no cenário acadêmico atual de Letras (Linguística e Literatura) tem sido a da diluição das fronteiras entre essas áreas e a da Educação. Em que pese a obviedade dessa preocupação – considerado o fato de que boa parte dos Cursos de Letras brasileiros é licenciatura –, sabe-se que, por muito tempo, os estudos linguísticos, literários e pedagógicos foram tratados como escaninhos estanques, sem fluidez, sem ramificações que pudessem dar aos alunos do Ensino Básico e Superior a noção imprescindível de que esses conhecimentos se interpenetram e se complementam na sua formação. Com as novas diretrizes federais de educação, expressas em Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) e em programas e ações que visam ao aprimoramento da Educação brasileira, os pesquisadores têm atentado mais para as relações estreitas que as áreas de Letras e de Educação demandam. Neste sentido, não basta tornar presentes, nas salas de aula, as leituras de textos literários por si mesmos, como se estes não mediassem em sua linguagem – além de intertextos da própria
tradição literária – contextos, discursos, ideologias.
Os capítulos que aqui se publicam procuram justamente atender àquelas indagações, e diluir ainda mais essas fronteiras entre Língua, Literatura e Ensino, propondo reflexões e leituras de textos literários das mais diversas realidades históricas e culturais. O objetivo é atrair os professores, pesquisadores e estudantes de diferentes áreas; cativá-los para um percurso em que esses textos sejam observados como caleidoscópio discursivo, em que diversas linguagens e representações se organizam, iluminando os leitores que se dediquem a mirá-lo.

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!