Navegação Inquieta

Ensaios de psicanálise

Luiz Meyer

2021 — 1ª edição
Lançamento

R$ 95,00

Disponível em estoque

Sobre o Livro

ISBN: 9786555062779
Páginas: 402
Formato: 14 x 21 cm
Ano de Publicação: 2021
Peso: 0.441 kg

Sumário

Agradecimentos

Apresentação

Prefácio
 

Parte I. A clínica e sua diversidade
Introdução
Abordando o sonho como uma questão: uma investigação sobre a função expressa do sonho
Produção onírica e autoanálise
Conversando sobre a escuta analítica com um(a) jovem analista
Familidade e bissexualidade: dificuldades de integração
Prisioneiro de si mesmo: clínica do habitante do claustro


Parte II. Questionando a análise didática
Análise didática enquanto enactment institucional
A análise didática deve ser mantida?
 

Parte III. Contemporaneidade: um olhar crítico
Introdução
A mente totalitária
Analista desconcertado, analista desconcertante
 

Parte IV. Cinema: o feijão e o sonho
Introdução
Endereço desconhecido
Melancolia e a psicopatologia contemporânea
 

Parte V. Poesia: a luta com as palavras
Introdução
Resistência: a propósito do conflito estético
 

Parte VI. Literatura: a polissemia de Machado de Assis
A fatal secreção: notas sobre o conto “Verba testamentária”


Parte VII. Recreio: textos de circunstâncias
O corpo na psicanálise: sua especificidade do ponto de vista da história das ideias
Luiz Tenório Oliveira Lima


Comentário sobre o trabalho “O corpo na psicanálise: sua especificidade do ponto de vista da história das ideias”, de Luiz Tenório Oliveira Lima

Breve nota sobre hipocrisia


Posfácio

Sinopse

Navegação inquieta foi o título encontrado para dar conta do que salta à vista neste livro: a diversidade de interesses do autor – reflexo de sua biografia, tal como aparece na cativante entrevista que faz as vezes de Prefácio.

Filho de imigrantes judeus agnósticos, Luiz nasceu no Brasil e frequentou uma escola brasileira. Crescendo no conforto de um lar burguês, cedo deu-se conta da injustiça de seus privilégios. Buscou conciliar uma profissão respeitável com sua paixão pela cultura.

Eis a história de suas múltiplas almas, a cujas reivindicações passou a vida tentando atender. A conciliação – possível, ou impossível – tornou inquieta sua navegação. O leitor poderá desfrutar das ricas paragens em que aportou: diversidade da clínica e sonhos; análise didática; acontecimentos históricos e políticos; cinema; poesia e literatura.

Marion Minerbo

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!