O Coração Pensante

Três níveis de terapia psicanalítica com crianças e adolescentes

Anne Alvarez

2021 — 1ª edição
Mais vendido Lançamento

R$ 90,00

Disponível em estoque

Sobre o Livro

ISBN: 9786555060607
Páginas: 392
Formato: 14 x 21 cm
Ano de Publicação: 2021
Peso: 0.435 kg

Sumário

Prefácio

Introdução

 

1. Níveis de trabalho terapêutico e níveis de patologia: o trabalho de calibragem


Parte I. Condições de nível explicativo

2. Condições emocionais para o desenvolvimento do pensar em dois trilhos [two-tracked thinking]: a sensação de ser agente e a sensação de abundância

3. Obstruções e desenvolvimento para pensar em sequência: ligações entre fantasia, pensar e caminhar

4. Fazendo ligações e fazendo tempo: passos para descompressão de pensamentos e criação de vínculos entre pensamentos
 

Parte II. Condições de nível descritivo

5. O papel igual da satisfação e da frustração no desenvolvimento do senso de realidade

6. Imperativos morais e correções no trabalho com crianças atormentadas e desesperadas: desejos ou necessidades?

7. Malignidade sem motivo: problemas da psicoterapia de pacientes com características psicopáticas

8. Questões de narcisismo, autoestima e relação com o objeto obtuso: desvalorizado ou não valorizado?

9. Tipos de transferência e contratransferência sexual no trabalho com crianças e adolescentes

10. Subintegrações e integrações no nível esquizoparanoide
 

Parte III. Nível de vitalização intensificado

11. Brincar e imaginação: quando o brincar patológico pode exigir uma resposta mais intensa do terapeuta

12. Descobrir o comprimento de onda: instrumentos na comunicação de crianças com autismo

13. Outras reflexões: contratransferência, posições paranoide e esquizoide e especulações sobre paralelos com a neurociência
 

Referências

Apêndice

Índice

Sinopse

O coração pensante é a continuação natural de Companhia viva, o livro altamente influente e agora clássico de Anne Alvarez sobre o trabalho com crianças vítimas de distúrbios e sofrimentos severos. Com base em sua experiência de mais de cinquenta anos como psicoterapeuta de crianças e adolescentes, Alvarez usa exemplos clínicos detalhados e explora os motivos pelos quais uma perspectiva terapêutica pode funcionar em detrimento de outra.

A autora identifica três níveis diferentes de trabalho analítico e comunicação: o nível explicativo (o “por quê-porquê”), o nível descritivo (o “o quê”) e o nível de vitalização intensificado (o ganho de acesso ao próprio sentir por crianças com dissociação crônica, apatia decorrente de desespero ou autismo “não atraído”).

O livro será útil a psicoterapeutas, psicanalistas, psicólogos clínicos e educacionais, psiquiatras infantis, assistentes sociais, professores de crianças com necessidades especiais e cuidadores de crianças com distúrbios.

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!