O Processo Criativo

Transformação e ruptura

Claudio Castelo Filho

2015 — 1ª edição
Lançamento

R$ 76,00

Disponível em estoque

Sobre o Livro

ISBN: 9788521209775
Páginas: 332
Formato: 14 x 21 cm
Ano de Publicação: 2015
Peso: 0.375 kg

Conteúdo

Prefácio

1. Introdução

2. Os conceitos
2.1 Definição dos conceitos
2.2 A psicanálise e o (conflito com o) establishment
2.3 O analista como autoridade
2.4 Narcisismo e social-ismo/Ética e moral
2.5 O gênio; continente e contido; transformações em O e em K
2.6 Desenvolvimento dos conceitos nas relações do gênio/místico com ele mesmo e com os membros de seu grupo

3. Ideias que se aproximam na mitologia, na literatura e nas ciências
3.1 Vernant e a Teogonia. Establishment x renovação. Expansão x enrijecimento
3.2 Prometeu
3.3 Prometeu acorrentado e o espírito livre
3.4 A obra de arte e Hannah Arendt
3.5 Shakespeare e a linguagem de êxito
3.6 Martins e o demônio na fábrica
3.7 Algumas evoluções a partir da (re)leitura de As bacantes, de Eurípedes, e de Édipo Rei e Antígona, de Sófocles
3.8 Evolução da apreensão do complexo de Édipo a partir da obra de Bion

4. Cristo, Isaac Luria, Freud, Klein e Bion
4.1 Isaac Ben Solomon Luria
4.2 Freud, Klein, Bion

5. Reflexões finais: inconclusão

6. Uma transformação literária do tema
6.1 O Casulo
Referências bibliográficas

Sinopse

O que é o processo criativo? Como surgem as obras de arte e as teorias científicas? Que condições mentais favorecem ou impedem esse processo? Os grupos anseiam pelo aparecimento de gênios criativos. Ao mesmo tempo, os percebem como ameaças ao establishment e como fomentadores de des-ordem. Como funcionam essas relações entre indivíduos criativos e as sociedades em que vivem? Haveria relação entre genialidade e loucura? Este livro traz uma nova concepção para a função das artes e das ciências (e da Psicanálise), valendo-se das ideias de Freud, Klein, Segal e sobretudo Bion, expandidas pela visão e pelas contribuições do autor, revelando a importância da relação entre experiência emocional e capacidade para pensar e criar. É de interesse tanto para psicanalistas, psiquiatras e psicólogos quanto para artistas, escritores, músicos, sociólogos, filósofos e cientistas em geral.

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!