Processos psicossociais de exclusão social

Marcus Eugênio Oliveira Lima , Dalila Xavier de França , Raquel Meister Ko. Freitag

2020 — 1ª edição

Formato: E-book em PDF

Sobre o Livro

ISBN: 9786555060393
Páginas: 444
Formato: E-Book em PDF
Ano de Publicação: 2020

Sumário

01  A Análise dos Estereótipos: Diálogos Entre a Teoria das Representações Sociais e os Modelos da Cognição Social

02  Quem São os Usuários e Traficantes de Drogas? Representações Sociais e Estereótipos Difundidos na Mídia Impressa

03  O Papel dos Estereótipos na Construção da Identidade dos Brasileiros em um Livro Didático de PlE 

04  O Papel do Conteúdo dos Estereótipos na Discriminação de Gênero

05  A Ameaça dos Estereótipos: A Interferência Social nos Processos Psicológicos

06  Estereótipos de Gênero na Escolha Profissional e de Carreira no Contexto Brasileiro

07  Ideologia, Gênero e a Divisão do Trabalho Doméstico Familiar: Investigando uma Instância de Exclusão Psicossocial

08  O Negro no Espaço Escolar: Acesso, Dificuldades e Enfrentamento Aao Racismo

09  Socialização Étnica de Professores

10 Normas Sociais e Morais, Desenvolvimento Cognitivo e Expressão do Racismo em Crianças 

11 “Fez um Bom Proveito das Cotas”: Uma Análise da Relação entre Meritocracia e Racismo 

12 Palavras-Tabu e Efeitos de Gênero na Leitura 

13 Xenofobia e Discurso de Ódio ao Estrangeiro no Espaço de Enunciação da Tríplice Fronteira (Argentina-Brasil-Paraguai) 

14 Ser Homem no Sertão: Identidades Sertaneja e Masculina em Universitários do Sertão Sergipano 

15 As Marcas do Trabalho Doméstico 

16 Aprender Inglês como Inclusão e Construção de um Novo Estilo de Vida na Velhice

Sinopse

O livro “Processos psicossociais de exclusão social” traz dezesseis capítulos que fornecem uma análise diversa e integrada dos temas dos estereótipos, preconceitos, racismo e xenofobia. Os textos promovem discussões teóricas e agregam dados de pesquisa sobre os mais variados aspectos dos processos psicossociais envolvidos na exclusão social de minorias, também muito diversas. São estudados os estereótipos de “usuários” e “traficantes” de drogas, de mulheres e de negros, tais quais os que são veiculados nos livros didáticos, com destaque para aqueles que ameaçam a escolha profissional e a performance cognitiva. O racismo éanalisado na infância, nas escolas e nas falas de professores, na sua relação com as ideologias, especificamente da meritocracia. O sexismo é estudado tanto em pesquisas quase experimentais, quanto em análises de conteúdo de palavras-tabu na leitura. A xenofobia dos brasileiros em relação a latino americanos é também investigada. Os estigmas do trabalho doméstico e a construção de identidades, regionais e masculina, são discutidos, e, por fim, a inclusão social de idosos e envelhescentes é promovida.

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!