Psicanálise Afora

Percurso e clínica de psicanalistas brasileiros no estrangeiro

Eliana dos Reis Betancourt , Mariana Rodrigues Anconi

2021 — 1ª edição
Lançamento

R$ 87,00

Disponível em estoque

Sobre o Livro

ISBN: 9786555062762
Páginas: 304
Formato: 14 x 21 cm
Ano de Publicação: 2021
Peso: 0.332 kg

Sumário

Apresentação
 

Um país chamado psicanálise
Eliana dos Reis Betancourt

Da cidade ideal à cidade barrada: o eu e o luto na migração
Mariana Rodrigues Anconi

Estrangeiro na própria língua: Lisboa revisitada
Inês Catão

Especificidades na escuta psicanalítica ao habitar o estrangeiro
Daniela Taulois

A arte de navegar no processo migratório
Renata Volich Eisenbruch

Atravessamentos
Daniela Escobari

Desterrados afora e adentro: notas sobre o estrangeiro que reside em nós
Alfredo Gil

Psicanálise no Reino Unido: ascensão e declínio
Elis Cristina Davila Fernandez

Conceitos e práticas
Érica Raquel Rocha de Oliveira

Deixar-se causar pela estrangeiridade
Gabriela Gomes Costardi

Um fantasma de nossa época?
Maria Roneide Cardoso

“Eles não sabem que lhes trazemos a peste...”
Mauricio Lessa

A língua e o infantil: uma experiência de acolhimento à criança na perspectiva de uma estrangeira
Roberta Mazzilli

Migração e desenraizamento: criando um país psíquico para a solidão no contexto da intervenção mãe-bebê
Stephania A. R. Batista Geraldini

A psicanálise se resume a um divã?: impressões de uma psicanalista (em formação) na Holanda
Carolina Moreirão

Do estranho ao familiar
Maria Fernanda Schneider

Análise é feita na língua do amor
Priscylla Costa

Psicanálise aflora: estilhaços de encontros estrangeiros
Manoel Luce Madeira


Sobre os autores

Sinopse

O leitor tem em mãos um material que percorre aspectos atuais da prática da psicanálise em pelo menos sete países diferentes. Parte-se da hipótese de que a clínica do psicanalista estrangeiro é marcada pelas vicissitudes em relação à cultura, à língua e às políticas entre territórios.

Duas perguntas servem como guia através das dezoito produções deste livro: como a prática analítica é afetada quando consideramos as fronteiras geográficas, linguísticas, políticas e culturais? E quem é este sujeito migrante que fala e este sujeito migrante que escuta?

Este projeto documenta as ideias deste grupo que contemporaneamente exerce a “psicanálise (a)fora” e deixa marcas para as novas gerações de psicanalistas migrantes.

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!