Tempos de Encontro

Escrita, escuta, psicanálise

Rubens M. Volich

2021 — 1ª edição

Livro em Pré-Lançamento

Sobre o Livro

ISBN: 9786555062724
Páginas: 524
Formato: 14 x 21 cm
Ano de Publicação: 2021
Peso: 0.000 kg

Sumário

Apresentação: Convés, porões e esperanças...

Opressão
Primeiros tempos
Novos horizontes
Desencantos e inspirações
Construções
 

Parte I. Eu, outro, coletivo

1. A Constituinte, o desejo e a Lei

    Papel do Édipo
    Raízes do autoritarismo
    Transformações desejadas e resistências à transformação
 

2. O fascismo nosso de cada dia

    Reich e as raízes do fascismo
    Da peste emocional à democracia do trabalho


3. Psicanálise e terror político

    O golpe militar e as marcas da ditadura na psicanálise argentina
 

4. A psicodinâmica do trabalho e as novas formas de dominação: Entrevista com Christophe Dejours
 

5. Pátio de miragens: Reflexões sobre o “Estrangeiro”

    A condição histórica e os paradigmas do estrangeiro
    O ódio ao estrangeiro e suas origens
    O estrangeiro e o processo de subjetivação
    O estrangeiro, duplo e clandestino
    O estrangeiro na clínica e na escrita psicanalíticas
 

6. Portos. Seguros? Sobre Política e psicanálise. O estrangeiro

    As raízes do estrangeiro
    O estrangeiro na psicanálise
    O racismo, do inconsciente ao social
 

7. As instituições no divã
 

8. O destruidor de muros e mitos

    Questionando o novo e camuflando o conflito
    Negar a instituição
    Outro maio de 1968
 

Parte II. Escutar, escrever, encontrar

9. Psicanálise e o retorno a Freud


10. Os dilemas da tradução freudiana

    Traduções fragmentadas
    A batalha das palavras
    As Obras Completas e o método de tradução
    Tempo, poesia e conflitos
    Trinta anos depois... Pós-escrito


11. Os postulados da razão tradutora: Entrevista com Jean Laplanche

    “Nossa edição compreende também textos inéditos de Freud”
    “A dificuldade de uma equipe é que cada um pode traduzir o texto a sua maneira”
    “Não buscamos uma unificação, mas fornecer uma referência de base”
    “Vemos em Freud coisas que ele mesmo não vê e acho essencial revelá-las”
    “Ampliei minha concepção do inconsciente a partir da tradução”


12. A guerra dos mil anos: Sobre “A Histérica, o Sexo e o Médico”, de Lucien Israël
 

13. Novas paisagens da histeria

    Da dissimulação à escuta do corpo
    Retratos da histeria
    A clínica e as armadilhas da histeria
    A histeria é “fashion
 

14. Nas teias da perversão

    Sintomatologia e transferência perversas
    A recusa do tempo
    Ato, crença e limites
 

15. Da melancolia ao suicídio
 

16. Palavras possíveis


17. Novos matizes do feminino

    Fundo de tela, primeiras imagens
    Desafios teóricos e marcas corporais
    Amor e sexualidade em tempos modernos
    Ser filha, tornar-se mãe
    Violência, oralidade, agressividade
    Maturidade
    (R)Evoluções da Vênus
 

18. Psicanálise e neurociências: Do pensamento único ao resgate do sonhar

    O pensamento único e o diálogo com as neurociências
    Política(s) na psicanálise
    Novas dimensões para a metapsicologia
    Sonhos e ilusões
 

19. Sutis violências

    Violência necessária, territórios das violências
 

20. Tão longe, tão perto... Sobre O sítio do estrangeiro, de Pierre Fédida

    Virtualidade e recantos do sítio
    Ausência, linguagem e memória e a violência fundamental
    A transferência, o estranhamento e a função do enquadre
    Memória, transmissão e sonho nas transferências
    Sonho, sintoma e imagem
 

21. Dos limites à poesia dos conceitos: Talya Candi e a obra de André Green

    Inspirações
    Decifrando o pensamento clínico
    Conceitos e limites
    Função do enquadre 340


22. Remotas paisagens: Joyce McDougall e os destinos do psicossoma

    Encontros
    Primeiras cenas
    Da dor à criação
    Do psicossoma ao pensamento
    Os dramas do corpo
    Cenas clínicas
 

23. Viagens...: Inspiração e criatividade na escrita de um analista

    Rabiscos e comichões
    Da ética à normopatia
    Amizade e parcerias
    Visitas e revelações
 

Parte III. Clinicar, transmitir, cuidar

24. Do poder da cura à cura do poder

    Esculápio, Chíron e a arte de curar
    Da fala do sintoma à surdez profissional
    A ilusão do poder e a alienação do humano
 

25. O psicanalista em busca de sua alma: Reflexões sobre a “especialidade” do analista

    Psicanálise & cia. no Brasil
    Da identidade à crise
    Da crise à especialidade
    Da especialização impossível...
    ... à ilusão da especialidade
    A especialidade do psicanalista na instituição
    A especialidade do psicanalista na clínica
    Os efeitos da especialização na escuta analítica
 

26. Os dilemas da formação do médico: Os tutores na residência de Clínica Médica da FMUSP

    Limites e dilemas
    Ampliando a visão da formação médica
    Tutores na residência em Clínica Médica da FMUSP
    Do conflito à elaboração
 

27. Aos mestres sem nenhum carinho
 

28. O cuidar e o sonhar: Por uma outra visão da ação terapêutica e do ato educativo

    Relação terapêutica, relação educativa
    Existe uma especialidade no cuidar?
    Função materna, funções de transformação
    O desamparo primitivo e sua superação
    A função estruturante da fantasia e da relação ao outro
    Resgatando a essência do cuidar
 

29. Severina: Breves reflexões sobre o ato terapêutico
 

30. Olhares de criança

    Olhar matinal
    Olhar de um e de outro
    Olhar impossível
 

31. Morrer em análise

    Desafios
 

32. Tempos difíceis
 

Agradecimentos

Sinopse

Este livro é um tributo aos encontros e à memória. Modelado pela escuta, pela escrita e pela psicanálise, evoca pessoas queridas que me provocaram, me tocaram e me constituíram.

Os textos destacam a importância da dimensão coletiva, social e política da psicanálise e a relevância da alteridade para a constituição do sujeito e para a ética clínica e institucional. Neles, discuto os processos de subjetivação que articulam corpo e mente, o enquadre e a relação terapêutica, o processo educativo e a prática médica e a transmissão em psicanálise.

Em tempos de acentuado esgarçamento das relações pessoais e sociais, é ainda mais fundamental lembrar que nada disso teria sido possível sem a experiência dos encontros. Este livro celebra essas experiências e minha gratidão a todos que delas participaram.

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!