Sobre o Livro

ISBN: 9788521208464
Páginas: 408
Formato: 17x24 cm
Ano de Publicação: 2015
Peso: 0.670 kg

Conteúdo

1 - INTRODUÇÃO À TEORIA DA USINAGEM DOS MATERIAIS
1.1. Principais operações de usinagem
1.2. Grandezas físicas no processo de corte

2 - GEOMETRIA DA FERRAMENTA DE CORTE
2.1. Definições
2.2. Sistemas de referência
2.3. Funções e influência dos principais ângulos da cunha cortante
2.4. Outros atributos da cunha cortante

3 - FORMAÇÃO DE CAVACOS
3.1. Corte ortogonal
3.2. Relações cinemáticas e geométricas no corte ortogonal
3.3. Tipos de cavacos
3.4. Formas de cavaco
3.5. Controle do cavaco
3.6. Interface ferramenta/cavaco

4 - FORÇA E POTÊNCIA DE USINAGEM
4.1. Força de usinagem no corte oblíquo (tridimensional)
4.2. Força de usinagem no corte ortogonal (bidimensional)
4.3. Determinação teórica do ângulo de cisalhamento
4.4. Determinação teórica da força de corte
4.5. Determinação experimental da força de usinagem
(métodos de medição)
4.6. Fatores que influenciam a força de usinagem
4.7. Potência de usinagem
4.8. Medição de potência em usinagem

5 - TEMPERATURA NO PROCESSO DE USINAGEM
5.1. Temperatura na formação de cavacos: Modelo de Trigger E. Chao
5.2. Temperatura na formação de cavacos: Modelo de Loewen e Shaw
5.3. Temperatura na formação de cavacos: FEM
(Método dos elementos finitos)
5.4. Temperatura na formação de cavacos: estimativas experimentais

6 - FLUIDOS DE CORTE
6.1. Funções dos fluidos de corte
6.2. Classificação dos fluidos de corte
6.3. Aditivos
6.4. Considerações a respeito da utilização de fluidos de corte
6.5. Direções de aplicação do fluido de corte
6.6. Métodos de aplicação dos fluidos de corte
6.7. Seleção do fluido de corte

7 - MATERIAIS PARA FERRAMENTAS DE CORTE
7.1. Aços-carbono e aços ligados
7.2. Aços rápidos
7.3. Ligas fundidas
7.4. Metal duro
7.5. Cermets
7.6. Cerâmicas
7.7. Materiais ultraduros para ferramentas
7.8. Seleção de materiais para ferramentas de usinagem

8 - AVARIAS, DESGASTES E MECANISMOS DE DESGASTE DAS
FERRAMENTAS DE CORTE

8.1. Avarias nas ferramentas de corte
8.2. Desgaste nas ferramentas de corte
8.3. Mecanismos de desgaste
8.4. Curva de vida das ferramentas

9 - INTEGRIDADE SUPERFICIAL
9.1. Rugosidade
9.2. Alterações subsuperficiais
9.3. Avaliação da integridade superficial
9.4. Influência dos parâmetros e da operação de usinagem sobre a
integridade superficial

10 - CONDIÇÕES ECONÔMICAS DE CORTE
10.1. Cálculo da velocidade de máxima produção (Vmxp)
10.2. Cálculo da velocidade econômica de corte (V0)
10.3. Intervalo de máxima eficiência (Imef)

11 - USINAGEM POR ABRASÃO
11.1. Grandezas físicas das operações de retificação
11.2. Rebolo
11.3. Mecanismo de corte na retificação
11.4. Dressagem
11.5. Forças e potência de retificação
11.6. Temperatura de retificação
11.7. Fluidos de corte
11.8. Operações especiais de retificação

12 - ASPECTOS TECNOLÓGICOS E RECOMENDAÇÕES
12.1. Aços-carbono e ligados
12.2. Aços inoxidáveis
12.3. Ferro fundido (FoFo)
12.4. Ligas termo-resistentes e superligas
(HSTR, do inglês High Strenght Thermal Resistant Superalloys)
12.5. Compósitos
12.6. Materiais endurecidos
12.7. Efeitos de diversos elementos de liga na usinagem

APÊNDICE A1 - Valores dos coeficientes da equação de Kienzle para o Torneamento dos principais materiais metálicos (catálogo Sandvik, 2002.8)

APÊNDICE A2 - Valores dos coeficientes da equação de Kienzle para o Fresamento dos principais materiais metálicos (catálogo Sandvik 2002.2)

Sinopse

Este livro contém todos os princípios básicos sobre os processos de usinagem, apresentando os modelos e conceitos imprescindíveis ao engenheiro envolvido com a matéria. A nomenclatura e a simbologia específicas da usinagem dos materiais são as mais atualizadas e a aplicação destas é claramente exemplificada. A obra mostra, de maneira clara e didática, a formação de cavacos, com modelos teóricos consagrados, os quais permitem não só o entendimento mas também a aplicação nos cálculos de força e potência de usinagem. Esses conceitos se aplicam a qualquer outro processo de usinagem, independentemente dos materiais usinados, mesmo em compósitos hoje largamente utilizados na indústria aeroespacial. Os modelos permitem a previsão de resultados, bem como a seleção de máquinas e equipamentos.

O livro aborda também os mais recentes avanços em materiais para ferramentas de corte, suas aplicações e vantagens, proporcionando uma visão bastante atualizada das melhores práticas em usinagem de materiais. Além desses tópicos, o texto apresenta modelos para avaliação econômica das operações de usinagem, mostrando como as condições de corte, avanço, velocidade e profundidade de corte podem tornar os processos mais produtivos. Por último, os processos abrasivos são descritos e analisados com base nas mais recentes descobertas científicas nesta importante área de acabamento da usinagem. 

Ver maisVer menos

Material de Apoio

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!