Tingimento Têxtil

Fibras, Conceitos e Tecnologias

Vidal Salem

2010 — 1ª edição

Estoque esgotado

Sobre o Livro

ISBN: 9788521205555
Páginas: 300
Formato: 17x24 cm
Ano de Publicação: 2010
Peso: 0.730 kg

Conteúdo

1 - Conceito de cor e colorimetria
Fonte de luz
Objeto observado
A vista
O cérebro
Cores fundamentais
Conceito de colorimetria
Instalações para medição colorimétrica 
Aplicações da colorimetria

2 - Classificação geral
Fibras naturais vegetais
Fibras animais
Fibras Químicas de polímeros naturais (fibras artificiais)
Fibras químicas de polímeros sintéticos

3 - Corantes e suas aplicações nos substratos têxteis
Introdução
Histórico
O que é tingimento? O que são corantes?
Classificação dos corantes

4 - Tensoativos
Introdução
Tensão superficial
Produtos tensoativos

5 - Máquinas de tingimento
Introdução - Máquinas de tintura
Máquinas empregadas e processos por esgotamento
Instalações para processos contínuos
 
6 -  Princípios gerais do tingimento
Contatos entre banho e substrato
Velocidade de montagem
Migração
Igualizantes para tinturaria
Tingimentos não uniformes
Causas de tingimentos desiguais
Tipos de igualizantes

7 - Branqueamento óptico
Medição do branco - Grau de brancura
Avaliação de Branqueadores ópticos
Aplicação dos branqueadores ópticos

8 - Controle de qualidade dos tingimentos
Reprodutibilidade da cor
Igualização
Solidez da cor

9 - Fundamentos teóricos
Introdução
Influência da estrutura da fibra
Influência da estrutura do corante
Teoria geral do tingimento: Cinética e termodinâmica

10 - Tingimento de lã
Estrutura química da lã
Corantes empregados no tingimento de lã
Tingimento da lã com ácidos
Tingimento da lã com corantes complexos metálicos
Tingimentos da lã com corantes ao cromo

11 - Tingimento de acetato de celulose
Introdução
Teoria do tingimento
Processo de tingimento

12 - Tingimento de poliéster
A fibra de poliéster
Corantes para poliéster - Corantes dispersos
Teoria do tingimento de poliéster
Processos de tingimento

13 - Tingimento de misturas de poliéster com fibras celulósicas
Introdução
Tingimento por esgotamento
Processos contínuos

14 - Tingimento de fibras poliamídicas
A poliamida
Corantes que tingem poliamida

15 - Tingimento de fibras acrílicas com corantes catiônicos
Fibras acrílicas
Corantes catiônicos
Mecanismo do tingimento com corantes catiônicos
Parâmetros importantes para o tingimento da fibra
Processo de tingimento
Determinação da porcentagem de retardante catiônco a usar
Observações

19 - Tingimento de fibras celulósicas com corantes sulfurosos
Introdução
Teoria do tingimento
Classificação dos corantes sulfurosos
Corantes sulfurosos: No mercado brasileiro
Produtos químicos empregados no tingimento
Processos de tingimento

20 - Tingimento de fibras celulósicas com corantes
Teoria do tingimento
prática do tingimento
defeitos nos tingimentos com corantes à tina - causas prováveis

21 - Corantes indigosol
Introdução
Teoria do tingimento
Prática do tingimento

22 - Tingimento de fibras celulósicas com corantes azoicos
Introdução
Teoria do Tingimento
Prática do tingimento
Processos de tingimento

23 - O tingimento de fibras mistas
Introdução
Tingimento de Poliéster/Celulose
Tingimento de Poliéster/Lã
Tingimento de Lã/Celulose
Tingimento de Poliamida/Lã
Tingimento de Poliamida/Celulose
Tingimento de Poliamida e fibras de Poliuretano
Tingimento de Celulose e fibras de poliuretano
Tingimento de Poliéster e fibras de Poliuretano
Tingimento de fibras de Poliéster/Poliamida
Tingimento de fibras de poliéster e acrílicas
Tingimento de Fibras Acrílicas e Lã

24 - A água na tinturaria
Introdução
O valor pH
Dureza da água
Exigências quanto À qualidade da água

25 - Aspectos econômicos no tingimento têxtil
Introdução
Condições para o sucesso de um processo
Aspectos tecnológicos que contribuem para a redução do custo do tingimento

26 - Aspectos ecológicos do tingimento
Introdução
Impacto dos corantes nos efluentes líquidos
Segurança operacional e ambiental relativa à manipulação de corantes
Impacto dos corantes no usuário de artigos têxteis
Etiquetas eco
Critérios relativos aos corantes nas etiquetas eco

Sinopse

De ciência antiga, complexa, com imagem de não amigável à natureza, o setor têxtil tem passado por transformações que seguramente desafiam os setores mais modernos das ciências mais jovens. Desde os tecidos inteligentes, biotecidos para o corpo humano, conduítes de eletricidade, às nanofibras, o setor fica a dever muito pouco para as ciências de ponta.

Trabalhando forte na remodelação de seus processos e insumos, a indústria têxtil caminha a passos largos para atender os conceitos sustentáveis mais estritos. Ao utilizar-se de matérias-primas renováveis, da água estritamente como um veículo que deve ser sempre reusado, o beneficiamento têxtil tende a voltar a fazer parte das indústrias do mundo mais desenvolvido.

Essas evoluções e revoluções jamais teriam êxito se a compreensão da ciência têxtil não fizesse uso dos seus mais básicos conceitos técnicos.

Esta obra, ora disponibilizada, encontra e sempre encontrará demanda, dada a complexidade do beneficiamento têxtil. É uma obra que muito provavelmente não se tornará obsoleta, pois não se compreende o agora sem os corretos entendimentos de toda a base científica.

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!