A Ergonomia em Busca de Seus Princípios

Debates Epistemológicos

François Daniellou

2004 — 1ª edição

R$ 98,00

Disponível em estoque

Sobre o Livro

ISBN: 8521203500
Páginas: 262
Formato: 17x24 cm
Ano de Publicação: 2004
Peso: 0.440 kg

Conteúdo

PARTE 1 - CONTEÚDO

1 - Apresentação à Edição Brasileira - François Daniellou
2 - Prefácio à Edição Brasileira - Francisco de Paula, José Marçal Jakson Filho
3 - Introdução. Questões Epistemológicas Acerca da Ergonomia - François Daniellou
4 - Condições da Pesquisa Científica em Ergonomia - Jaques Curie
5 - Questões Epistemológicas em Ergonomia e em Análise do Trabalho - Alain Wisner
6 - Aspectos da Complexidade em Ergonomia - Jaques Leplat
7 - O Trabalho e a Abordagem Ergonômica - GIlbert de Tersac, Bruno Maggi
8 - Do que a Ergonomia pode Fazer a Análise? François Hubault
9 - Ergonomia, Filosofia e Exterritorialidade Yves Schwartz
10 - Questões Epistemológicas Levantadas pela Ergonomia de Projeto - François Daniellou
11 - Epistemologia Concreta e Ergonomia Christophe Dejours


PARTE 2 - DISCUSSÕES

1 - Questões Epistemológicas sobre a Ergonomia - Algumas Reflexões do Ponto de Vista de Quem Pratica - Jaques Christol com colaboração de Michel Mazeau
2 - Os Objetivos da Ergonomia - Pierre Falzon
3 - Posfácio da Edição Brasileira - Laerte Idal Sznelwar, Leila Nadim Zidam

Sinopse

Os ergonomistas agem para transformar ou conceber situações de trabalho afim de que elas possam ser compatíveis ao mesmo tempo com o conforto e a saúde dos trabalhadores e a eficácia econômica das empresas. Mas qual é o estatuto dos conhecimentos que eles colocam em ação? É a ergonomia, tão somente, a aplicação de conhecimentos produzidos por outras disciplinas ou trata-se de uma disciplina científica que produz seus próprios conhecimentos? Esta questão se coloca por ocasião de todos os debates sobre a pesquisa e a prática da ergonomia.

As diversas respostas que estes debates podem trazer são susceptíveis de terem efeitos importantes sobre a formação e a estruturação da comunidade profissional em ergonomia.

O objetivo desta obra é o de explicitar, de colocar em perspectiva e de fazer dialogar uma diversidade de posições epistemológicas que atravessam os debates sobre a disciplina. Ela é o fruto do trabalho coletivo de um grupo de pesquisadores, ergonomistas ou daqueles cujas especialidades os conduzem a colaborar com a ergonomia. O livro dirigi-se:

- aos ergonomistas de empresas ou consultores, confrontados em suas práticas cotidianas com o estatuto dos conhecimentos que eles colocam em ação;

- aos estudantes de ergonomia, aos quais ele deveria permitir melhor situá-los diante da diversidade de pontos de vista que lhe são apresentados;

- aos professores e pesquisadores em ergonomia, convidados a prosseguir os debates aqui abertos;

- mas também, aos especialistas de outras disciplinas que tratam do trabalho que aqui encontrarão, sem dúvida, novas formalizações de perguntas que atravessam seus campos científicos.

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!