Ciências Humanas e Comunicação

Sobre o Livro

ISBN: 9788580391879
Páginas: 200
Formato: E-Book em PDF
Ano de Publicação: 2017

Conteúdo

CAPITALISMO HOJE: ACUMULAÇÃO SEM DESENVOLVIMENTO?
Francisco José Soares Teixeira
O capitalismo ainda é aquele?
O futuro do trabalho
Capital, trabalho e política social

CAPÍTULO 1 – Neodesenvolvimentismo e política social
Carlos Montaño
1.1 Introdução
1.2 Dependência e desenvolvimento na América Latina e no Brasil
1.3 Crise do capital, neoliberalismo e neodesenvolvimentismo
1.4 A política social no neoliberalismo e no neodesenvolvimentismo
Referências

CAPÍTULO 2 – A TEORIA DO DESENVOLVIMENTO “DESMERCADORIZADO”
José Micaelson Lacerda Morais
2.1 Introdução
2.2 A reprodução das relações de produção: as condições de dominação capitalista e as condições da vida social
2.3 Do conceito de reprodução à concepção unificadora de espaço: o sentido da vida humana versus o sentido da riqueza na sociedade capitalista
2.4 Por um novo conceito de desenvolvimento
2.5 Por uma nova sociedade
2.6 Conclusão
Referências

CAPÍTULO 3 – Transformações do capitalismo contemporâneo e suas implicações para as políticas sociais
Ana Samilly Alexandre Moreira, Luma Rodrigues de Oliveira e Cynthia Studart Albuquerque
3.1 Introdução
3.2 Reestruturação produtiva e retrocesso de direitos
3.3 Reordenamento estatal: avanço para o capital e recuo para os trabalhadores
3.4 Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 4 – Privatização das políticas sociais na conjuntura neoliberal: os “novos modelos de gestão” e os desafios ao projeto ético‑político do serviço social brasileiro
Jediane Freitas da Silva e Luciana Dantas Tenório
4.1 Considerações iniciais
4.2 O serviço social e as políticas sociais: mediações, limites e possibilidades do projeto ético-político da profissão
4.3 A ofensiva neoliberal: privatização e os novos modelos de gestão das políticas sociais
4.4 Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 5 – A recente produção teórica em torno dos determinantes sociais da saúde
Julliane Bispo Pereira e Diego de Oliveira Souza
5.1 Introdução
5.2 Metodologia
5.3 Caracterização das publicações revisadas
5.4 O que são determinantes sociais de saúde?
5.5 Pobreza e iniquidades de saúde
5.6 Repensando os DSS a partir de uma perspectiva crítica
5.7 Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 6 – Evolução histórica dos modelos de produção e seus reflexos sobre a desregulamentação do trabalho no Brasil: algumas considerações
Rosane da Silva Valois e Isabela da Silva Valois
6.1 Introdução
6.2 Processos de produção e trabalho e sua evoluçao histórica
6.3 Rápidas considerações sobre a precarização do trabalho no Brasil
6.4 Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 7 – A educação superior e os limites absolutos do capital: precarização do trabalhador qualificado e contradição da educação superior em tempos de crise estrutural do capital
Edilvan Moraes Luna e Ana Paula dos Santos Brito
7.1 Introdução
7.2 A sociedade do conhecimento e da informação
7.3 A precarização do trabalho na sociedade do conhecimento e da informação
Referências

CAPÍTULO 8 – Economia de comunhão: um estudo na perspectiva de retomada do debate ético na economia
Francisco Rafael Félix de Sousa e Pedro Ferreira Barros
8.1 Introdução
8.2 Uma questão para a atualidade
8.3 Economia de comunhão: história e profecia
8.4 Uma nova cultura econômica: EdC
8.5 EdC e economia solidária: uma distinção necessária
8.6 Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 9 – As bases tradicionais da experiência neoliberal no Ceará: a força eleitoral dos clãs políticos familiares
Cristiane Maria Marinho e Maria Cristina de Queiroz Nobre
9.1 Introdução
9.2 Objetivos e aspectos metodológicos da pesquisa sobre os clãs políticos no Ceará
9.3 Alterações na política cearense a partir da redemocratização
9.4 A dominância política dos clãs familiares na “Era Tasso”
9.5 A dominância política dos clãs familiares no Ceará: da esfera municipal para a estadual
9.6 Considerações finais
Referências
Sites consultados

CAPÍTULO 10 – A economia solidária como estratégia de inclusão: o Projeto Reviver do Cariri (cearense) e a (re) integração social de dependentes químicos
Camila Pereira Brígido Rodrigues, Maria Aline Pereira de Brito, Izak Batista de Araújo e Francisca Laudeci Martins Souza
10.1 Introdução
10.2 A instituição de um caminho metodológico
10.3 A economia solidária como estratégia de superação da exclusão social produzida pela dependência química: o caso do Projeto Reviver do Cariri
10.4 Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 11 – Mercado de trabalho sob o prisma das transformações no mundo rural: o caso do Baixo Jaguaribe (CE)
Christiane Luci Bezerra Alves e Evânio Mascarenhas Paulo
11.1 Introdução
11.2 A região do Baixo Jaguaribe e as novas dinâmicas no meio rural cearense
11.3 Breves considerações sobre a estrutura econômica do Baixo Jaguaribe
11.4 Estrutura do mercado de trabalho do Baixo Jaguaribe
11.5 Considerações finais
Referências

Sinopse

Qual é o lugar do trabalho nesse novo estágio de desenvolvimento do capitalismo? Ainda é possível apostar nas políticas públicas do Estado? Noutras palavras, o Estado, como o fez no passado, teria poder suficiente para assegurar uma política de trabalho de pleno emprego? 

Ninguém melhor do que Celso Furtado para responder a essas questões. 
Otimista por natureza, como o foi, quem sabe se ele não pode trazer alguma esperança para desfazer o pessimismo que carregam as ideias até aqui desenvolvidas. Quem conhece sua obra sabe que, para ele, o desenvolvimento e o subdesenvolvimento são dimensões de um mesmo processo histórico. Eis a razão porque, segundo assim pensava, a divisão internacional do trabalho tenderia a aprofundar ainda mais a distância entre o centro e a periferia do sistema. Consequentemente, sua conclusão não poderia ser outra: as forças de mercado não seriam suficientes para superar tal estado de coisas. Daí a sua aposta na construção de um projeto político que deveria ser orientado por duas ideias-força: (1) deslocar o eixo da lógica da acumulação do lucro pelo lucro para uma lógica dos fins em função do bem-estar social e (2) incentivar a cooperação e solidariedade entre os países do centro e da periferia.

 

Trecho do Prefácio de Francisco José Soares Teixeira

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!