Ciências Humanas e Comunicação

Sobre os Fundamentos da Psicanálise

Quatro cursos e um preâmbulo

Fabio Herrmann

2017 — 1ª edição

R$ 110,00

Disponível em estoque

Sobre o Livro

ISBN: 9788521211044
Páginas: 504
Formato: 14x21 cm
Ano de Publicação: 2017
Peso: 0.541 kg

Conteúdo

Prefácio
Preâmbulo – Andaimes do real: um ensaio de psicanálise crítica
Quatro cursos – Apresentação

Primeira Parte – Teoria dos Campos
1. O que é a Teoria dos Campos (New Orleans, 2004)
1.1. O inconsciente
1.2. O método

2. O que é a Teoria dos Campos (Oslo, Tallin, 1999)
2.1. Método da Psicanálise
2.2. Clínica psicanalítica
2.3. O Mundo em que vivemos

Segunda Parte – Meditações Clínicas

A. Da clínica extensa à alta teoria
1. Primeira meditação: A história da Psicanálise como resistência à Psicanálise
1.1. Os dados da circunstância
1.2. Psicanálise na Universidade
1.3. Associação Internacional, Sociedade de São Paulo
1.4. Hórkos ou “pelos charutos de Freud”
1.5. Psicanálise brasileira: necrológio da juventude
1.6. Resistência

2. Segunda meditação: O análogo
2.1. O tédio epistemológico
2.2. Quem? Hoje, Joyce
2.3. O pensamento de Freud e a Psicanálise: o atrito do papel

3. Terceira meditação: O tempo, o sujeito e a cura
3.1. Horizonte de vocação
3.2. Qual o tempo?
3.3. O sujeito no tempo da cura
3.4. Jogo de posições
3.5. Quanto tempo dura o tempo?
3.6. Quem faz o que é feito?
3.7. Campo de batalha

B. A intimidade da clínica
1. Quarta meditação: Intimidade da clínica
1.1. Panorama da Psicanálise
1.2. Sobre a verdade como tensão entre invenção e descoberta (I//V//D)
1.3. A intimidade da clínica
1.4. Estratégias
1.5. Os dois eus e seu tempo (lições da análise escondida)
1.6. Os três tempos da análise (o tempo ∞ e seus andamentos)
1.7. O suicida sem pontaria (um estudo de psicopatologia)
1.8. Três modelos técnicos
1.9. A última sessão
1.10. Visita aos sonhos (descuidar-se)
1.11. Visita aos sonhos (escrever-se)

Posfácio
Referências

Sinopse

Na obra de Fabio Herrmann, você irá descobrir a criatividade e o rigor exigidos por Lacan em seu retorno a Freud, a ousadia de Bion em sua leitura filosófica e amplitude de temas e a brincadeira responsável de Winnicott. Mas, principalmente, encontrará o prazer da escrita e da poesia, tão caras a Freud, fundamental para o pensamento de Heiddegger. Mesmo que reconheçamos a influência de grandes pensadores em sua obra, é justo afirmar que Herrmann é um autor original, que dedicou sua vida a reescrever a psicanálise à luz de seu método. Influenciado pela fenomenologia e pelas artes, o autor depurou criticamente a ação interpretativa embutida na clínica e exibiu com maestria sua essência terapêutica, tarefa única na literatura psicanalítica mundial.

Luciana Saddi

Ver maisVer menos

Depoimentos sobre o livro

Envie seu depoimento

Seja o primeiro a publicar um depoimento sobre o livro!